Suzane e Anna Jatobá, deixam a prisão, para comemorar o Dia das Mães

Publicidade

Publicado em:

10 de
maio

Autor:

Globo.com

As detentas Suzane Von Richthofen e Anna Carolina Jatobá deixaram a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletir, no Tremembé, no interior de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (10). Ambas receberam o benifício da 'saídinha' para o Dia das Mães'.


A 'saidinha', como é conhecida, é um benefício concedido aos presos que possuem um bom comportamento e que estão em regime semiaberto. Suzane e Anna Carolina e os demais presos devem retornar ao presídio até 17h da próxima terça-feira (15). De acordo com a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), os casos de ambas as presas estão em segredo de Justiça.


Suzane Von Richthofen


Presa desde 2002 pelo assassinato dos pais, Suzane conseguiu passar do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. Em dezembro, a juíza da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, Sueli Zeraik Armani, negou o pedido de saída temporária de Natal, após parecer do Ministério Público ter apontado um endereço desconhecido do seu círculo de amizades.


Suzane foi condenada por matar os pais em 2002, ao lado dos irmãos Christian e Daniel Cravinhos, que estão no regime semiaberto desde 2013 e já usufruem do benefício de saídas temporárias de Dias das Mães, Dia dos Pais e Dia das Crianças, além das festas de fim de ano.


Anna Carolina Jatobá


Na noite de 29 de março de 2008, Isabella Nardoni morreu após cair da janela do sexto andar do Edifício London, na Vila Mazzei, zona norte de São Paulo. No apartamento, moravam o pai dela, Alexandre Nardoni, a madrasta, Anna Carolina Jatobá, e os dois irmãos menores. Nardoni e Anna dizem que uma outra pessoa, que eles não conseguiram identificar, invadiu o local e jogou a menina, que tinha 5 anos.


Peritos da Polícia Civil disseram à época que Isabella foi espancada e esganada dentro do apartamento, antes de ser jogada pela janela do sexto andar. Dias depois a polícia afirma que não existia uma terceira pessoa no apartamento na noite da morte de Isabella. Com isso, Nardoni e Anna foram presos acusados do crime.



Portal: Globo Expresso.Com